TIO IVAN

O espetáculo Tio Ivan traz uma montagem imersiva e itinerante para a peça teatral O Tio Vania, do escritor russo Anton Tchekhov, adaptada para a região rural paulista no início do século XX.

Sinopse: 

O administrador de fazenda Ivan, sua sobrinha Sônia e Miguel, o médico da família, têm suas vidas desestabilizadas pela chegada do célebre professor Alexandre, agora aposentado, e de sua jovem e bela esposa Helena.   

Tio Ivan / Núcleo Teatro de Imersão / ator Márcio Carneiro e atriz Ariana Slivah / Espetáculo de teatro imersivo

Escrito há mais de cem anos, o texto de Tchekhov continua atual. Diversos problemas sociais da Rússia mencionados na peça, infelizmente, ainda podem ser percebidos hoje no Brasil: a necessidade de trabalhar para os outros até o fim de nossas vidas, a desvalorização do professor e do pesquisador acadêmico, a destruição das florestas e extinção de animais, o assédio sofrido pelas mulheres, as péssimas condições da saúde pública, a falta de integridade e de espírito de sacrifício da humanidade.

Tio Ivan / Núcleo Teatro de Imersão / atriz Adriana Câmara e ator Glau Gurgel / Espetáculo de teatro imersivo

Adaptação:

 

Tio Ivan é a adaptação da peça teatral O Tio Vânia, de Anton Tchekhov, publicada em 1897. Para aproximar mais o texto da nossa audiência, transferimos a ação para uma região rural brasileira, no início do século XX, durante a República Velha. Assim, o chá virou café; rublos foram convertidos em réis; trigo, óleo de linhaça, ervilha seca tornaram-se mandioca, milho,batata doce; alces, cisnes, cabras- selvagens, galos-do-mato viraram tamanduás, araras- azuis, tatus, jaguatiricas.

Direção: 

Nosso objetivo é de que o público, ao assistir ao espetáculo, tenha a sensação de que está presente, não diante de um cenário construído, mas na verdadeira casa de fazenda da família. Por isso, montamos a peça não num teatro, mas numa casa com três ambientes. O público e o elenco passam de um ambiente para o outro, a cada mudança de ato. Nos diversos ambientes, não há qualquer separação entre atores e espectadores. O público está inserido no espaço da representação, como testemunha invisível dos desejos, conflitos e frustrações dos personagens que transitam ao seu lado, à sua frente, às suas costas, ao seu redor. E o espectador é obrigado a escolher, a todo  momento, a que ação, reação ou situação dedicará sua atenção. A cenografia, o figurino, a atuação e a sonoplastia buscam ser tão verdadeiros e fiéis à época que, assistindo ao espetáculo, o público tem a impressão de que está flagrando as cenas privadas da família.

Tio Ivan / Núcleo Teatro de Imersão / ator Samuel Luz e atriz Ariana Slivah / Espetáculo de teatro imersivo
Tio Ivan / Núcleo Teatro de Imersão / atriz Adriana Câmara e atriz Ariana Slivah / Espetáculo de teatro imersivo

Atuação: 

Durante os ensaios, cuidamos para encontrar cada emoção, intenção, tensão e conflito por trás das falas e ações dos personagens, para que cada ator seja capaz de viver seu personagem com completa verdade, assumindo a existência dele como sua, vivenciando as situações da peça a cada reapresentação como se fosse a primeira, de modo que o público tenha a sensação de que está imerso numa situação real.

Cenário, iluminação e figurino:

O espetáculo busca ter uma direção de arte o mais realista possível. Por isso, o espetáculo se utiliza de mobília e objetos de cena reais, de época, próprios de uma casa de fazenda, construídos com madeira maciça, metal, vidro, couro e fibras naturais.

O espetáculo possui uma versão diurna e uma versão noturna. Na versão diurna, os atos são iluminados com a luz natural (do sol) que entra pelas janelas. Já  na versão noturna, utilizamos, para iluminação, luz de velas ou de abajures/luminárias.

Os figurinos obedecem aos modelos e tecidos da época, além de possuírem uma dimensão simbólica que os relaciona com a personalidade, a classe social e o estado de espírito das personagens. Foram inteiramente confeccionados em tecidos de algodão.

Sonoplastia e aromas:

Com o objetivo de trazer o público ainda mais para dentro do espaço ficcional, a montagem utiliza-se de sons ambientes (pássaros, grilos, sapos, chuva), que chegam ao público pelas janelas vindo do exterior das salas. A encenação ainda explora os aromas de alimentos de cena (tangerina, pinga, café) e dos perfumes de cada personagem. 

Escolhido como Melhor Espetáculo de Grupo de 2018 pelo júri popular do Prêmio Aplauso Brasil, Tio Ivan esteve em cartaz por três temporadas, de 2017 a 2019.

Clique nos botões abaixo para ver fotos, vídeos, clipping de imprensa e comentários dos espectadores das nossas temporadas: